• Aline Cristina
  • CGN/ Banda B

16 Fevereiro 2014 | 18h30min

A taróloga Rita Josiane Batista Machado de 54 anos foi presa por policiais civis em sua casa no Hauer, em Curitiba.

Rita é acusada de exigir R$ 12 mil para realizar um trabalho espiritual para uma cliente. De acordo com informações do site Banda B, caso o valor não fosse pago a vítima e seu filho corriam risco de morte.

Depois de a vítima entrar em contato com a polícia, e de várias investigações, a taróloga foi autuada em flagrante pelo crime de estelionato.

Segundo o delegado Matheus Laiola, Rita abusou da liberdade de confiança e da crença da cliente. “A exigência desta elevada quantia em dinheiro demonstra a má-fé dela, que poderia cobrar apenas os custos de uma consulta”.

O delegado acredita que mais vítimas devem aparecer depois da imagem da mulher ser divulgada.

Carregar mais notas ao vivo
5 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário