Últimas de Cascavel
  • Há 19 Minutos Homem é detido após ameaçar ex-companheira
  • Há 1 Hora PM é mobilizada no Parque Verde
  • Há 1 Hora Denarc apreende 100 quilos de maconha
  • Há 1 Hora Moradores reclamam de caminhões estacionados
  • Há 2 Horas PM é acionada em empresa na marginal da BR-277
  • Há 3 Horas Rapaz é detido após furtar objeto da casa do próprio tio
  • Há 3 Horas Concurso da prefeitura: candidatos a dois cargos fazem prova
  • Há 3 Horas Dois são detidos com roupas e calçados furtados
  • Neo Gonçalves
  • CGN

30 Janeiro 2014 | 18h54min

Em reunião no fim da tarde desta quinta-feira (30), os funcionários dos Correios de Cascavel que estavam em greve decidiram interromper a paralisação. O motivo foi a baixa adesão ao movimento.

De acordo com o diretor do Sintcom (Sindicato dos Trabalhadores nos Correios no Paraná) em Cascavel, Reginaldo Rodrigues da Silva, no restante do Estado e em quase todo o país a mobilização segue fortalecida. “Vamos continuar avaliando o cenário e há possibilidade de retornarmos com a greve”, disse.

Os servidores dos Correios fazem a paralisação contra mudanças no plano de saúde, que segundo eles, foi feita sem consulta aos trabalhadores. A empresa está implantando o Postal Saúde, que, conforme o Sindicato, privatizaria o plano de saúde. 

Carregar mais notas ao vivo
2 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário