• Rafael Marcante
  • CGN

26 Março 2013 | 18h39min

O corpo do policial militar Sidinaldo Rocha da Silva, 37 anos, foi sepultado na tarde desta terça-feira (26), no Cemitério Central, em Cascavel.

Companheiros de farda, familiares e amigos do PM morto, durante uma tentativa de assalto, acompanharam o cortejo que deixou a capela da Acesc próximo das 17:30h.

A PM do Paraná está enlutada pela morte do soldado, lotado desde 2010 no 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar) de Cascavel.

O caixão com o corpo do soldado foi coberto com a bandeira nacional. O cortejo seguiu pela Rua do Rosário até a entrada principal do cemitério. A Avenida Carlos Gomes foi fechada por alguns instantes para que as centenas de pessoas, que acompanharam o velório e sepultamento, pudessem passar.

Sid, como era chamado pelos amigos, foi enterrado sob honras militares. Uma homenagem a um agente de segurança pública que ganhou destaque pela atuação no combate ao crime.

Após os tiros disparados pelos policiais, parte que integra o ritual da cerimônia de honra, foi à vez do toque das cornetas e em seguida das sirenes das viaturas, que foram acionadas.

A comoção tomou conta de todos que presenciaram a cena e que ainda custam acreditar que Sidinaldo, tenha sido morto por um assaltante.

Sidinaldo deixa a esposa, com a qual se casou no mês de dezembro, e uma filha adolescente.

Carregar mais notas ao vivo
65 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário