Publicado em 15 de Março de 2013 às 11h41min - Atualizado em 15/03/2013 às 15h44min

Mãe e filha são detidas e três são procurados

Estevan Mariotto; Júnior Estácio e Anderson Pinheiro são procurados
  • Santa Tereza Luana Monteiro CGN
  • Imprimir
  • Diminuir Fonte Aumentar Fonte

Policiais da Delegacia de Homicídios de Cascavel cumprem nesta sexta-feira (15) mandados de prisões preventivas contra quatro pessoas e de apreensão contra uma adolescente de 14 anos, suspeitos de participar do triplo homicídio e uma tentativa de morte na última segunda-feira (13).

Durante à manhã, a polícia esteve na casa de Antoninha Alves Chagas e da filha dela de 14 anos, na Rua Castro Alves, em Santa Tereza do Oeste. O local é apontado pela investigação como sendo o ponto de encontro onde houve a suposta negociação da compra de cigarros contrabandeados. Os quatro homens teriam sido amarrados ali e depois três deles acabaram sendo mortos. As duas não estavam na residência e acabaram sendo localizadas na casa de uma amiga na cidade de Céu Azul. Mãe e filha foram trazidas à 15ª SDP (Subdivisão Policial).

Antoninha disse à polícia que tem medo tanto do grupo que executou os rapazes quanto de pessoas ligadas àquelas que foram mortas e por isso não revela mais detalhes do crime.

Estão sendo procurados Estevan Mariotto; Júnior Estácio da Silva e Anderson Pinheiro Santana. Para a polícia, eles participaram efetivamente da execução dos três homens.

Para a polícia as mortes de Magno Petrow Della Betta; Clodoaldo da Silva e Jorgival Pinto de Aguiar (Azulão); além da tentativa de assassinato de José Gustavo Katarinhuk já estão esclarecidas e todos os envolvidos já teriam sido identificados. Agora, resta a localização dos três rapazes que já são considerados fugitivos da Justiça.

Confira mais imagens
Anúncios:
36 comentários
POPULAÇAO FELIZ 16/03/2013 19:13h
2
2
DEIXA ELES SE MATAREM O MAGNO E O ESTEVEM ROBAVAM CAMIONETA E CARROS JUNTOS,E SO FAZIA COISAS ERRADAS DENTRO DA CIDADE,,FOI TARDE ESSES LIXO Responder este comentário
indignada 16/03/2013 17:15h
3
0
Sera que essa Antoninha esta conseguindo colocar a cabeça no travesseiro e dormir o sono dos justos? Com certeza não, o capeta não deixa. Responder este comentário
indignada 16/03/2013 17:12h
2
0
Agora ela esta com medo, não vai dar detalhes do crime, porque não pensou antes a merda que estava fazendo? acabou com varias família. Responder este comentário
indignada 16/03/2013 17:09h
2
0
Queria perguntar pra essa tal de Antoninha se ela já parou pra pensar se fosse filho dela que fosse morto como ela estava se sentido agora? Responder este comentário
indignada 16/03/2013 17:06h
2
0
A mãe dos presos podem visitar eles na cadeia no dia das mães e as mães dos que se foram visitam eles onde? Responder este comentário
Envie seu comentário