• Maycon Corazza
  • CGN

27 Setembro 2017 | 14h05min

Um homem, que presenciou o acidente com morte registrado na BR-467, no último domingo, falou com a CGN, no começo da tarde desta quarta-feira. Ele pediu para não ser identificado, mas relatou tudo o que viu naquela tarde.

A colisão, envolvendo carro e motocicleta, terminou com a morte de Jaqueline Fernandes Pereira. Após o acidente, o motorista do automóvel provocador da colisão, Robert Roger de Matos saiu do local e só foi se apresentar à polícia ontem (26).

A testemunha do acidente relatou que naquele dia, após um almoço em sua casa, levou a mãe de Jaqueline em seu carro, enquanto a moça seguiu de motocicleta, retornando para casa delas. O homem relatou que durante o trajeto foi acompanhando a motociclista pelo retrovisor.

A testemunha relatou que pediu para que Roberto chamasse o socorro e que em fração de segundos o condutor fugiu. O homem também disse que tentou encontrá-lo em vários locais, mas não teve sucesso.

Ainda segundo a testemunha, quando Robert Roger de Matos fugiu não havia possibilidade de agressão ou linchamento.

A Polícia Civil está apurando o ocorrido. O relato da testemunha deve ser determinante para o encaminhamento do inquérito policial.

O homem que se envolveu no acidente e fugiu foi solto e aguarda os desdobramentos em liberdade.

A família de Jaqueline Fernandes Pereira espera por Justiça e que a polícia possa dar uma resposta célere ao caso.

Carregar mais notas ao vivo
32 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário