• Maycon Corazza
  • CGN

27 Setembro 2017 | 10h55min

Hoje (27) pela manhã uma testemunha ocular do acidente que vitimou uma jovem na BR-467, no último domingo, está sendo ouvida pela Polícia Civil de Cascavel.

Segundo o delegado Rodrigo Baptista, que conduz as investigações, o objetivo é confirmar ou desmentir a versão dada pelo condutor do carro, que se apresentou ontem.

Robert Roger de Matos, diz que não viu a motociclista Jaqueline Fernandes Pereira, de 27 anos. Depois do acidente ele deixou o local por receio de ser agredido. O homem negou estar alcoolizado.

Se comprovado que houve imprudência ele poderá responder por homicídio culposo que pode ser agravado pela omissão de socorro, daí a importância de os condutores envolvidos em acidentes, sob qualquer circunstâncias, permanecerem no local e acionarem as autoridades.

O objetivo é concluir a apuração ainda esta semana.

Carregar mais notas ao vivo
17 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário