Últimas de Cotidiano
  • Há 1 Hora Após acidente, homem tenta subornar PM oferecendo um carneiro
  • Há 1 Hora Preso recebe alvará de soltura, mas se recusa a ir embora
  • Há 1 Hora Polícia Ambiental apreende 16 filhotes de papagaio
  • Há 6 Horas Temer diz que PMDB deverá ter candidato para 2018
  • Há 9 Horas Nestlè e Garoto vão parar de produzir Serenata de Amor, Chokito e Sensação
  • Há 9 Horas Cabral é condenado no Rio a 45 anos e dois meses de prisão por três crimes
  • Há 9 Horas Tarifa branca divide opiniões entre distribuidoras de energia
  • Há 9 Horas Grande incêndio florestal atinge Quedas do Iguaçu
  • Maycon Corazza
  • A Rede

13 Setembro 2017 | 10h29min

Nove aves silvestres foram apreendidas pela Polícia Ambiental de Ponta Grossa nesta terça-feira (12) em uma residência na Avenida Anita Garibaldi, na região da Nova Rússia, em Ponta Grossa. A ação foi desencadeada após denúncias de que haveria pássaros mantidos em cativeiro no local. O responsável pelos animais foi detido por não ter autorização para cria-los.

Segundo a Polícia Ambiental, foram encontrados pássaros das espécies coleirinha, trinca-ferro, canário-terra e azulão, todos machos e fêmeas. O morador da casa assumiu ser o dono dos animais, mas confessou não ter autorização dos órgãos competentes para fazer a criação.

Todas as aves foram apreendidas e encaminhadas para o escritório regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) para que sejam avaliados antes de serem reconduzidos à natureza. O proprietário assinou termo circunstanciado e foi advertido para que não volte a criar pássaros silvestres sem o devido licenciamento ambiental.

Informações são do site A REDE.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário