• Maycon Corazza
  • FOLHA PRESS

13 Agosto 2017 | 12h36min

O hábito de ouvir música pelo YouTube já faz parte da rotina de 80% dos brasileiros que estão conectados no país, segundo pesquisa divulgada neste ano pelo Google, dono da plataforma de vídeos. De acordo dados da empresa, 82 milhões de pessoas consomem música pela internet no Brasil todo mês, somando todas as plataformas digitais.

De olho na importância que as plataformas de vídeos têm na divulgação de seus trabalhos, os artistas vêm investindo pesado na produção de clipes. O vídeo de "Sua Cara", da cantora Anitta, por exemplo, tornou-se o que mais rapidamente alcançou a marca de 1 milhão de curtidas no YouTube. A cantora é uma das que vêm investindo pesado na produção de clipes.

O cantor sertanejo Bruno Araujo revela que, ao lançar canções, sempre procura veicular não só áudio, mas também um clipe. "Qualquer ação de divulgação que não esteja relacionada à internet hoje é andar para trás", opina. "O YouTube é uma das maiores plataformas de vídeo, é muito prático acompanhar os lançamentos por lá", fala Araujo.

Para o cantor, o acesso às músicas hoje é bem mais fácil. "Cresci escutando música em fita cassete e na rádio. Com a internet, para quê você vai ficar ouvindo rádio até tocar a música que quer ouvir se você tem a facilidade na palma da sua mão? É só entrar na mídia digital e procurar", declara.

O cantor Thiaguinho acredita que o fenômeno de investir em videoclipes venha acometendo todo o mercado fonográfico. "Esse hábito de ouvir música pelo YouTube conquistou fãs de todos os gêneros musicais. Hoje as pessoas têm outro modo de consumir música, que é mais plural. Aos poucos, vão ouvindo e gostando do disco todo, não só do que toca no rádio", analisa ele, que filmou a gravação de seu mais recente CD, "Só Vem", feita ao vivo, e pretende lançar os vídeos pelo YouTube.

O rapper Projota é outro que está desenvolvendo projetos em vídeo e diz que vai lançar clipes de todas as faixas de seu novo álbum, "A Milenar Arte de Meter o Louco". Seis faixas já estão em seu canal no YouTube e cinco ainda serão lançadas. "Ninguém sabia que eu não canto só música romântica, porque ninguém mais ouve o disco todo", avalia. "As pessoas só conhecem o que toca no rádio. Por isso, o disco novo terá clipe de todas as músicas. É uma forma de conhecerem todo o meu trabalho", explica.

O uso intenso das redes sociais pelos artistas também permite aproximar mais os fãs de seus ídolos. "As pessoas acompanham nosso dia a dia. Gostam de saber o que estamos fazendo e sempre mandam mensagens", revela o cantor Bruno Araujo.

E ele tem razão. De acordo com a pesquisa realizada pelo Google, 40% das pessoas que escutam música pelo YouTube gostam de interagir com o artista pela internet.

Carregar mais notas ao vivo
0 comentário
Mostrar Mais
Envie seu comentário