Últimas de Cotidiano
  • Há 4 Minutos Cadeia do norte do Paraná tem ar condicionado nas celas
  • Há 19 Minutos Meninos fazem crochê durante o recreio em escola
  • Há 30 Minutos Investimentos em aeroportos regionais chegam a R$ 38 milhões
  • Há 31 Minutos Região Oeste sediará maior evento de turismo termal do mundo no ano que vem
  • Há 41 Minutos Ônibus é incendiado em acampamento
  • Há 1 Hora Família é rendida e amarrada enquanto jantava
  • Há 1 Hora Advogado Mariz deixa a defesa de Temer
  • Há 1 Hora CFP recorre de decisão que libera psicólogos a oferecer reorientação sexual
  • Maycon Corazza
  • CORREIO DO LAGO

13 Agosto 2017 | 07h04min

Um grave acidente registrado na PR-488, em Santa Helena, tirou a vida de uma professora e deixou outras cinco pessoas feridas, entre elas uma criança, na noite deste sábado (12).

A colisão ocorreu em frente a fábrica de biscoitos Santa Gemma e segundo os condutores do GM Cruze e do VW Gol, o Fiat Palio, ocupado pela professora Geci Teresinha Eidt Chassot (condutora) e seu filho, de 11 anos de idade, trafegava sentido Santa Helena quando, possivelmente, a condutora perdeu o controle da direção, colidindo de frente com o Cruze, que seguia no sentido contrário. O Gol, que transitava também sentido Santa Helena, acabou colidindo na traseira do Palio.

O Cruze era ocupado por um casal e um homem. Todos foram levados com ferimentos leves, para o Pronto Atendimento Municipal.

As vítimas que estavam no Palio, ficaram presas nas ferragens, sendo necessário o uso de desencarcerador para que pudessem ser retiradas do veículo, o que só foi possível depois de muito trabalho. O filho da professora, que estava no banco dianteiro do carona, teve ferimentos leves, ele sentia dores no peito e no abdômen. Ele foi levado ao PAM e após fazer exames radiológicos, por precaução, será levado para Toledo.

Uma ocupante do Gol, também foi levada ao PAM (Pronto Atendimento Municipal) para avaliação médica.

Socorristas do SAMU, servidores do PAM, agentes da Defesa Civil e Polícia Rodoviária Estadual estiveram trabalhando juntos, no atendimento às vítimas.

Informações são do site CORREIO DO LAGO.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário