Últimas de Cotidiano
  • Há 1 Hora Bombeiros resgatam duas crianças soterradas em terremoto
  • Há 1 Hora Empresários da indústria diminuem ritmo de demissões, segundo pesquisa da CNI
  • Há 1 Hora Motorista da Uber é suspeito de abusar garota de 13 anos
  • Há 1 Hora PM apreende dinheiro falso em cantina de colégio
  • Há 1 Hora Motorista fica em estado grave após bater contra carreta
  • Há 2 Horas Moça de 21 anos morre em batida de trânsito
  • Há 2 Horas FGTS registra lucro recorde de mais de R$ 14 bilhões em 2016
  • Há 2 Horas Governo avalia nova devolução de recursos do BNDES ao Tesouro
  • Mariana Lioto
  • UOL/Jovem Pan

10 Julho 2017 | 11h39min

Bandidos trocam tiros entre si após discussão por disparo contra vítima de tentativa de assalto na região da Vila Alpina, na Zona Leste de São Paulo. A confusão criada por dois ladrões ocorreu na noite deste domingo (09) e terminou com a morte de um deles, e o outro, gravemente ferido.

A intenção da dupla era praticar um arrastão entre moradores da Rua Alexandrina Pereira Novaes que realizavam um churrasco de confraternização. Os dois estavam armados e resolveram anunciar o assalto.

Uma das moradoras, identificada como Andreia Augusto Rodrigues, de 46 anos, decidiu entregar o celular. Mas, quando ela colocou a mão no bolso para retirar o aparelho, um dos criminosos, assustado, atirou contra o rosto da mulher.

O comparsa dele ficou irritado com a situação e iniciou uma discussão, durante a qual os dois passaram a trocar tiros entre si. Ambos foram baleados, e um deles, identificado como Gustavo Lima de Jesus, de 18 anos, caiu morto ali mesmo.

A mulher e Caíque Delgado Frangiosi, de 21 anos, o outro assaltante, foram socorridos ao Hospital de Vila Alpina. Andreia foi transferida para outro hospital e seu estado de saúde não foi divulgado. O bandido permanece internado, em estado grave.

O caso foi registrado no plantão do 69º Distrito Policial, da Cohab Teotônio Vilela.

As informações são do UOL/Jovem Pan.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário