Últimas de Cotidiano
  • Há 2 Horas Uma pessoa se fere em colisão entre Golf e Yamaha R3
  • Há 3 Horas 'Se vagabundo tentar tomar minha arma, vou meter bala', ameaça filho de Bolsonaro
  • Há 5 Horas Bolsonaro é atingido por ovo em cafeteria de Ribeirão Preto
  • Há 6 Horas Ao fugir da polícia, condutor de Golf atropela pedestre
  • Há 6 Horas Brasileiro que presenciou ataque critica polícia de Barcelona
  • Há 6 Horas Homem dirige até hospital com prego cravado no coração
  • Há 6 Horas Caminhão furtado é recuperado em Guaíra
  • Há 7 Horas Adolescente morre em acidente entre carro e moto
  • Luiz Oliveira
  • Bem Paraná

19 Junho 2017 | 17h51min

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) divulgou às 13 horas desta segunda-feira (18) o balanço de acidentes de trânsito registrados nas rodovias estaduais durante o feriado de Corpus Christi. 

Houve redução de 28,5% nos casos de mortes em comparação com o feriado do ano passado — 5 contra 7. Por outro lado, houve aumento nos registros por radar que mostra o excesso de velocidade (34,1%), e de autuações (34,5%). A operação iniciou-se na quarta-feira (14/06) e foi encerrada no domingo (18/06). Mais cedo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou seu balanço, com oito mortes registradas ao longo do feriado. No ano passado foram 9.

Em quatro dias de operação neste ano, o BPRv registrou 120 acidentes de trânsito, com 94 pessoas feridas e cinco mortes, números inferiores ao feriado anterior de Corpus Christi, quando houve 122 acidentes, 103 feridos e sete óbitos. “Todas as nossas ações foram focadas na preservação da vida e tivemos dados positivos, como a diminuição de mais de 28% nas mortes por acidentes. A intensificação do policiamento, aliado à fiscalização com radares móveis e etilômetros, contribuiu para a redução dessas ocorrências, explicou o Comandante do BPRv, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto.

A atuação das equipes rodoviárias ocorreu nos 56 postos do batalhão distribuídos em todas as regiões do estado e em suas respectivas rodovias, além dos trechos identificados pelo batalhão como pontos de maior incidência de acidentes e infrações de trânsito. Num comparativo entre o feriado de 2016 e o deste ano, o BPRv aumentou as operações com etilômetro para flagrar os casos de embriaguez ao volante, que subiram de 1.634 abordagens para 1.852; porém os casos de embriaguez que resultaram em prisões diminuíram em relação ao ano anterior (de sete para cinco).

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário