• Allan Machado
  • CGN

19 Junho 2017 | 13h10min

Um rapaz que preferiu não se identificar procurou a CGN para reclamar de um médico vascular do Hospital Universitário. Ele foi até o local levar a filha de 40 dias para ser atendida pelo médico e a consulta estava marcada para 8h.

Os pais juntamente com a criança esperaram por mais de duas horas e a menininha foi atendida por uma médica residente. Os pais foram orientados a esperar mais um pouco para então serem atendidos pelo médico vascular.

Mas em um determinado momento, o pai estava entediado e foi pedir onde estava o médico e foi informado de que ele não estava mais no hospital.

O pai achou um descaso ter que ficar esperando tanto tempo para a filha ser atendida por uma residente e o médico vascular ter saído do hospital pra atender na clinica particular.

Carregar mais notas ao vivo
23 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário