• Mariana Lioto
  • CGN

26 Abril 2017 | 17h08min

A prefeitura realizará, na próxima semana, uma licitação com valor máximo de R$ 1,6 milhão para contratar uma empresa para serviço de cópias e impressões para os próximos 12 meses. O município fornece o papel e a empresa os equipamentos e demais insumos, recebendo de acordo com a quantidade de impressões usadas pelos serviços públicos.

Atualmente o município paga R$ 0,05 pela impressão ou cópia monocromática e R$ 0,37 para impressões coloridas. Parece pouco, mas de centavo em centavo, no ano passado foram gastos mais de R$ 1,1 milhão, sendo 18 milhões de cópias de uma só cor, que custaram R$ 894 mil e outras 727,7 mil páginas coloridas, ao custo de R$ 242 mil.

Na nova licitação, são previstas 15 milhões de impressões monocromáticas, ao custo máximo de R$ 0,09 cada e 610 mil impressões coloridas com valores que variam de R$ 0,22 a R$ 0,80 por página, além de R$ 31 mil para impressão em papel de tamanho maior que o comum.

A empresa terá que fornecer e instalar 550 impressoras de oito diferentes especificações, para atender escolas, unidades de saúde e diversos serviços de diferentes secretarias, num prazo de 15 dias a partir da assinatura do contrato.

A última licitação ocorreu em agosto do ano passado, começou a valer em setembro e tinha validade de 7 meses. A atual prestadora do serviço é a M I CANTERI & CIA LTDA. Por vários anos, a V. PRADO DE OLIVEIRA – ME foi a prestadora do serviço.

Uma mudança implantada nesta licitação refere-se às páginas coloridas. Antes, era definido um valor único, para a página, agora existem até três faixas de preço. Páginas com até 15% de impressão colorida tem valor máximo de R$ 0,22, páginas com 16% a 40% coloridas custarão até R$ 0,48 e páginas com mais de 40% coloridas até R$ 0,80.

O Município acredita que a participação de várias empresas pode baixar o valor da impressão por página. A licitação ocorrerá no próximo dia 5.

Carregar mais notas ao vivo
17 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário