Últimas de Cotidiano
  • Há 16 Minutos Vídeo: Mulher se nega a fazer teste do bafômetro e bate rosto em árvore para simular agressão
  • Há 23 Minutos Corolla de Cascavel bate contra carreta e capota na PR-180
  • Há 56 Minutos Funcionários em greve dos Correios decidem amanhã sobre proposta de reajuste
  • Há 57 Minutos Estudo do Ipea vê recuperação gradual da economia
  • Há 1 Hora PRF apreende mala com R$ 700 mil em bagageiro de ônibus
  • Há 1 Hora Suspeito de homicídio contra segurança utilizava documento de outra pessoa
  • Há 1 Hora Petrobras reduz preços do diesel e da gasolina
  • Há 2 Horas Colégio usa galinhas d’angola para combater surgimento de escorpiões
  • Fábio Wronski
  • Band/UOL

20 Março 2017 | 17h53min

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou acreditar que a reforma da Previdência deve ser aprovada até o início de maio.

Segundo Maia, apesar das vozes contrárias, a maior parte dos parlamentares já se manifestou a favor da medida.

O deputado classificou o projeto positivo como está sendo elaborado atualmente como positivo, e afirmou que não serão necessários longos debates sobre o assunto, tornando a tramitação mais rápida.

Entretanto, caso o texto não seja aprovado, Maia disse prever um cenário de caos e afirmou que, se a proposta não for aprovada agora, o Brasil corre o risco de ter que fazer a transição de uma forma brusca no futuro.

“É a última oportunidade para o Brasil de fazer uma reforma que não vai tirar benefício de ninguém à vista. Diferente [das reformas] de Portugal e da Grécia, onde se cortaram salários e aposentadorias”, destacou.

Com informações Band UOL.


Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário