Últimas de Cotidiano
  • Há 18 Minutos Justiça determina que MST saia de fazenda de ex-presidente da CBF
  • Há 25 Minutos Polícia prende trio suspeito de aplicar golpe do bilhete premiado
  • Há 30 Minutos Moradora de rua sofre estupro coletivo
  • Há 30 Minutos Colisão deixa mulher ferida em Marechal Cândido Rondon
  • Há 33 Minutos CNJ analisa se desembargadora interferiu em soltura de filho
  • Há 34 Minutos 'Pente fino' na cadeia resulta na apreensão de celulares, drogas e objetos diversos
  • Há 1 Hora Governo do Paraná devolveu quase R$ 600 milhões a contribuintes
  • Há 1 Hora BPFron recupera carro antes do proprietário perceber furto
  • Mariana Lioto
  • UOL/Tribuna do Ceará

16 Março 2017 | 10h48min

Uma mulher grávida de 7 meses e seu companheiro, um adolescente, foram detidos suspeitos de praticar uma série de crimes, em Maracanaú, no Ceará. Desde a manhã até a noite da quarta-feira (14), o casal teria praticado assaltos, feito um arrastão em um restaurante e baleado um sargento da Polícia Militar e uma universitária após troca de tiros com a Polícia. O casal também saiu baleado.

A mulher gestante recebeu atendimento no Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), contudo, pela situação de gestação, ela precisou ser encaminhada para uma unidade mais avançada de atendimento.

Ambos são suspeitos de realizar vários assaltos durante todo o dia na área e, à noite, ainda realizaram um arrastão em um restaurante no local. Na fuga, colidiram de frente com uma composição policial, quando começou a troca de tiros.

Enquanto os suspeitos de cometerem o assalto recebiam atendimento médico, a população vibrava com a ação policial. O sargento da Polícia Militar e a universitária, não identificados, que também foram atingidos estão em observação e sem risco de morte.

As informações são do UOL/Tribuna do Ceará.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário