Últimas de Cascavel
  • Há 5 Minutos Condutor envolvido em acidente com morte não ficará preso, segundo delegado
  • Há 14 Minutos Definido nome que substituirá Damasceno Jr na comissão de ética
  • Há 23 Minutos Cestas básicas: assistência social reúne voluntários
  • Há 45 Minutos Condutor de Astra que atingiu e matou motociclista se apresenta à polícia
  • Há 1 Hora Estudante de Cascavel embarca para a Rússia para cursar medicina
  • Há 1 Hora Carro furtado teria sido visto na região do XIV de Novembro
  • Há 1 Hora Município discutirá regras para funcionamento de empresas no feriado
  • Há 1 Hora Acusado de matar mulher a facadas será submetido a medida de segurança
  • Redação CGN

17 Fevereiro 2017 | 17h38min

As paradas do transporte coletivo que estão sendo instaladas na Avenida Brasil tem um ar futurista. Enquanto isso, na média, uma a cada três paradas de ônibus de Cascavel não tem sequer cobertura.

O levantamento foi repassado na manhã de hoje (17) durante a apresentação do diagnóstico da Cettrans. São 1.242 paradas de ônibus em Cascavel, sendo que 808 têm abrigo e 434 não têm qualquer estrutura.

Segundo o presidente da companhia, Alsir Pelissaro, o orçamento da Cettrans para 2017 é de R$ 20 milhões, mas não existem recurso definidos para compra de abrigos.

"Estamos fazendo projetos e orçamentos para tentar buscar recursos junto ao governo estadual e federal, caso contrário não será possivel comprar este ano", afirma.

Cascavel tem 56 linhas de transporte coletivo e no ano passado transportou mais de 1,7 milhão de pessoas.

Saiba mais

A Escola de Governo está sendo feita pelo nova gestão para demonstrar a situação que as secretarias foram encontradas. 

Veja as demais informações apresentadas pela Cettrans. 

Relembre o diagnóstico das demais secretarias: SaúdeEducação, EsporteMeioAmbiente,  Agricultura,  ObrasDesenvolvimento EconômicoCulturaCohavel,  Assistência Social e Ação Comunitária. 

Carregar mais notas ao vivo
5 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário