• Maycon Corazza
  • Assessoria

07 Fevereiro 2017 | 08h17min

A comunidade da Escola Municipal Neiva Ewald, no Bairro Presidente, compareceu em peso para a segunda aula inaugural desta segunda-feira (6), no Território Cidadão I, do Cascavel Velho. Ao lado do vereador Paulo Porto, que representou a Câmara no ato que lotou a escola, da secretária de Educação, Márcia Baldini, da direção e coordenação, professores e os pais, o prefeito Leonaldo Paranhos garantiu para a criançada que mesmo a escola estando bonita e ser uma das unidades educacionais do Território I que mais receberam recursos para melhorias na estrutura, irá manter o compromisso de ampliar e melhorar ainda mais o acesso à educação, anunciando a implantação da Escola em Tempo Integral no local, "pois não adianta querer que esta região seja modelo se não tiver educação em tempo integral”.

A secretária de Educação, Marcia Baldini, citou a Escola Municipal Irene Rickli, do Jardim Nova Itália, que já recebeu o serviço de roçada e limpeza do pátio e agora recebe manutenção na pintura, tudo por meio de parcerias do projeto Território Cidadão. Para a secretária, haverá esforço e comprometimento para que esta realidade chegue a todas as 61 escolas e 52 Cmeis (Centros Municipais de Educação) do Município. "O anseio é que todos possam ter condições de trabalho, que o espaço físico seja apropriado e que os professores estejam motivados”.

Escola Irene Rickli

Enquanto a aula inaugural era realizada na Escola Neiva Ewald, poucas quadras dali, na Escola Irene Rickli o trabalho para dar uma nova roupagem à escola já começava. Soldados do Exército e servidores da Cohavel (Companhia Municipal de Habitação de Cascavel) já colocavam “a mão na massa”. O prefeito e a secretária foram conferir os trabalhos.

Para deixar a escola de cara nova uma grande parceria foi firmada, envolvendo a coordenação do Território Cidadão, a Secretaria de Educação, a Cohavel e o Exército. Isso faz parte do modelo de gestão territorializada, que são justamente as ações intersetoriais que nós estamos fazendo”, explicou o presidente da Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Alcione Gomes, que também responde pela coordenação do Território Cidadão.

Alcione relatou que a Secretaria de Educação entrou com os projetos e o levantamento de materiais necessários, a Cohavel com os serviços e o Exército com a mão de obra.

Carregar mais notas ao vivo
7 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário