• Estadao Conteudo

11 Janeiro 2017 | 22h24min

O meia peruano Cueva se reapresentou ao São Paulo mais tarde que seus companheiros, pois estava se recuperando de um periamigdaliano. Ele chegou à Flórida, nos Estados Unidos, apenas na última segunda-feira, quando o elenco já estava treinando, mas mostra disposição para ajudar o time e o novo técnico, Rogério Ceni, na temporada de 2017.

"Tivemos uma conversa boa e desde o ano passado o Rogério já deixou muito claro a sua forma de trabalhar e o que espera de mim. Agora, meu esforço é para seguir tudo o que for programado para me adaptar o mais rapidamente ao que ele quer na parte física, tática, técnica e mental. Temos de sair campeões", disse o meia peruano ao site oficial do clube.

Ele já participou de três atividades desde que chegou e nesta quarta-feira realizou testes de resistência ao lado do volante Cícero, que voltou ao São Paulo nesta temporada. A ideia é que os dois logo consigam atingir o mesmo patamar de seus companheiros, para recuperar os dias perdidos sem treinamento.

Para Cueva, que marcou sete gols em 26 partidas pelo time tricolor, a ideia é começar o ano com um ritmo forte desde o começo para levar o time às conquistas. "Eu me adaptei bem ao clube e fui muito bem recebido pela torcida", afirmou o peruano, elogiando o trabalho da nova comissão técnica. "Espetacular. É muita intensidade e isso faz um time ser competitivo", concluiu.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário