• Fábio Wronski
  • Rede TV/UOL

10 Janeiro 2017 | 20h51min

Um homem foi morto a tiros momentos após anunciar um assalto a uma loja de armas, e ser surpreendido pela atitude do dono da loja, que decidiu reagir.

De acordo com informações da imprensa norte-americana, a polícia local informou que dois homens invadiram o estabelecimento, em Mableton, na Géorgia (Estados Unidos), na manhã de 26 de dezembro.

Imagens da câmera de segurança, divulgadas recentemente, registraram que um dos ladrões estava armado e ameaçou um funcionário, que ergueu os braços em rendição.

Quando percebeu a ação, Jimmy Groover, o dono do local, foi até um canto, pegou a própria arma e disparou várias vezes em direção aos ladrões. Um deles foi atingido por dois tiros e morreu na hora; o outro conseguiu escapar e continua foragido.

Em entrevista à emissora local "FOX 5 Atlanta", Groover afirmou que fez o que precisava para preservar a própria vida. "Eu não tive outra escolha. Odeio que isso tenha acontecido. Não queria que ninguém tivesse perdido a vida. É uma tragédia para todos", declarou ele. "Trabalho nesse ramo faz trinta anos e isso nunca aconteceu. Não queria que isso tivesse acontecido, mas eu também quero voltar para casa no fim do dia".

Groover não está sendo acusado pela morte e, segundo o site "Inquistr", investigadores afirmaram que ele não corre o risco de ser acusado futuramente, porque agiu em legítima defesa.

Com informações Rede TV/UOL.


Carregar mais notas ao vivo
16 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário