Últimas de Cotidiano
  • Há 4 Horas Jovem que estava desaparecido é encontrado enterrado no quintal de casa
  • Há 7 Horas Fim das telas quebradas? Motorola tem patente com 'celular que se cura'
  • Há 7 Horas Condutora fica ferida após bater carro contra árvore
  • Há 8 Horas Como um juiz conseguiu remuneração de R$ 503 mil em um mês?
  • Há 8 Horas Polícia Civil apreende menor envolvido em roubos
  • Há 8 Horas Sergio Moro nega suspensão do depoimento de Lula previsto para setembro
  • Há 8 Horas PM apreende adolescentes que roubaram HB20
  • Há 8 Horas Fome é o fator que leva a célula tumoral a migrar pelo corpo, diz cientista
  • Maycon Corazza
  • Zero Hora

10 Janeiro 2017 | 16h17min

Quatro pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas após um atropelamento no km 18 da ERS-404, em Rondinha, no norte do Estado. O caminhão que teria atingido as vítimas, por volta das 9h30min, fugiu do local sem prestar socorro.

De acordo com informações preliminares do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), um Prisma, com placas de São Leopoldo, que seguia de Ronda Alta em direção a Rondinha, teria saído da pista e colidido contra uma árvore. Neste acidente, não haveria vítimas.

Em seguida, um Classic, emplacado em Novo Hamburgo e que vinha no mesmo sentido, teria parado para ajudar, assim como ao menos um morador da localidade. Por fim, um caminhão, ainda não identificado, teria atingido os carros e as pessoas que estavam no local. 

Quatro vítimas morreram na hora. O CRBM ainda não divulgou o nome deles. Outras quatro foram encaminhadas ao Hospital dos Trabalhadores de Ronda Alta. Conforme a instituição, todas estão estáveis e não correm risco de vida. 

Os feridos foram identificados pelo hospital como Mateus Rodrigues, 14 anos, e a irmã dele, Michele Rodrigues, 17 anos, que seriam moradores de São Leopoldo; e Melissa Garcia, 24 anos, cujo namorado teria morrido, e Taine Joana de Oliveira, 8 anos, cunhada de Melissa; que seriam de Novo Hamburgo.

Informações são do Zero Hora/ClicRBS.

Carregar mais notas ao vivo
Envie seu comentário