• Maycon Corazza
  • CGN/Aline Cristina

16 Agosto 2016 | 15h30min

A tarde de hoje foi marcada por um ato histórico. O canteiro central da Unioeste foi palco para a escrita de uma página em branco do futuro.

Desenvolvida pelo professor Vilmar Malacarne, a cápsula do tempo foi fechada perto das 14h da tarde. O professor idealizador do projeto explicou o porquê da criação da cápsula do tempo.

A cápsula do tempo foi fechada hoje dia 16 de agosto de 2016 e será aberta daqui a 56 anos, quando serão comemorados os 100 anos do campus de Cascavel. Mas, o que há dentro desta ampulheta de concreto? Vilmar dá a dica.

O professor pontuou que a arquitetura do local com dois bancos  ao seu redor foi realmente desenvolvida para despertar a imaginação.

Os trabalhos ali depositados estão totalmente protegidos com plásticos para que não haja contaminação alguma.

O local é aberto para visitação e fica próximo ao monumento do relógio solar.

Carregar mais notas ao vivo
13 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário