• Luana Monteiro
  • CGN

03 Janeiro 2012 | 19h04min

Luiz Jaime Colaço, de 46 anos, se apresentou no setor de Homicídios da Polícia Civil de Cascavel, no final da tarde desta terça-feira (03). O homem matou a tiros Amauri de Oliveira, em um posto de combustível na noite de domingo (01). Imagens de circuito interno mostraram o momento do crime.

O acusado e o advogado não quiseram falar sobre o caso. A arma utilizada no crime, um revólver calibre 32, cinco munições e uma munição deflagrada, que teria sido usada no homicídio, foram entregues hoje à polícia.

No depoimento, Luiz Jaime disse que vinha recebendo ameaças de Amauri e da família dele. Um dos motivos da ameaça, seria que ele testemunhou contra o cunhado da vítima. O acusado diz que só atirou porque a vítima se dirigiu ao carro e ele pensou que o homem teria ido buscar uma arma para matá-lo.

O delegado já solicitou ao juiz a prisão preventiva de Luiz Jaime, que ainda não foi decretada.

Carregar mais notas ao vivo
25 comentários
Mostrar Mais
Envie seu comentário