Xadrez: “a padronagem da vez”