A “terceira peça”!