CGN

Sinceramente, você está surpreso?

Sinceramente, você está surpreso?

Todo mundo ficou indignado, escandalizado e enojado com a revelação de que fiscais do Ministério da Agricultura cobravam propina de alguns dos maiores frigoríficos do país para fazer vistas grossas no trabalho de inspeção e permitir o comércio de carne vencida, literalmente podre, maquiada com produtos químicos nocivos à saúde para esconder a má aparência.

Ora, vamos e venhamos, o Brasil é useiro e vezeiro na prática de fraudes monstruosas e repugnantes como essa que acaba de ser descoberta pela Polícia Federal na operação batizada de Carne Fraca, nome retirado de uma expressão bíblica que representa a dificuldade de se resistir a certas tentações.

Como bem lembrou o advogado Dário Júnior em postagem no Twitter, o histórico é extenso: anticoncepcionais de farinha, bromato no pão, soda cáustica no leite, placebo vendido como remédio, adição de milho e palha no café, construção com a areia da praia e por aí vai.

Resumo da ópera: a carne, no Brasil, sempre foi fraca.

Deixe um comentário