CGN

A cidade calça chuteiras

A cidade calça chuteiras

Confirmadíssimo o “furo” (notícia publicada em primeira mão, é bom esclarecer) dado por este blog no dia 2 de janeiro de que o ex-presidente da ACIC, Valdinei Antonio da Silva, estava no aquecimento se aprontando para assumir o comando do Futebol Clube Cascavel, que representa a cidade na divisão principal do campeonato paranaense.

Tendo ao lado uma numerosa seleção de empresários, fazendeiros, profissionais liberais e líderes políticos, que entusiasticamente atenderam a sua convocação, a maioria dos quais, assim como ele, com pouca ou nenhuma experiência no ramo, Valdinei acaba de entrar em campo para dar as primeiras entrevistas como virtual presidente do FCC, devendo ser oficializado no cargo na próxima semana.

Tomando como fonte de inspiração e modelo de gestão a vitoriosa trajetória da Chapecoense, decisão que se consolidou após contatos realizados aqui no final de 2016 com dirigentes da equipe catarinense, a nova administração promoveu no último domingo (8) uma oficina de planejamento estratégico para desenhar suas ambições de longo prazo e definir a meta para a próxima competição estadual: classificar o time, pelo menos, entre os cinco primeiros colocados e conquistar o direito de disputar a Copa do Brasil e a série D do brasileirão.

Além de Valdinei, marcaram presença na reunião: Assis Marcos Gurgacz, Daniel Pegoraro, Jorge Takeshi, Renato Zancanaro, Rubens Mendes, Juarez Paim, José Orildo Pasa, Evilásio Schimitz, Gilberto Lorenzi, Alex Gallio, Carlos Guedes e o colunista que vos fala.

Ao ver, no meio dos participantes, gente que nunca havia se interessado por futebol disposta a gastar metade do domingo para tratar do assunto, o homem de TV Jorge Guirado fez um comentário que dá bem a dimensão do milagre que a liderança nata de Valdinei começou a operar: “Cristo está voltando!”.

2 Comments

  1. Clovis Grelak - 13 de janeiro de 2017

    Terão a oportunidade de desdizer a máxima do livro do jornalista Carlos Bindé, que o “O futebol de Cascavel é o sucesso de um fracasso anunciado”. É que o vale por ora. Vejamos se esse tipo de notáveis reverta esse conceito. Difícil.
    Clovis

  2. Clovis Grelak - 14 de fevereiro de 2017

    no comentário acima onde escrevi errado “tipo de notáveis”, o correto, o que pretendi escrever é “time de notáveis”, de acordo com o espírito do texto.

Deixe um comentário