CGN

Terra arrasada

Terra arrasada

Saíram novos números sobre a extensão e a profundidade da crise econômica.

Informa a Serasa Experian que, no ano passado, foram requeridos no país 1.863 pedidos de recuperações judiciais, 44,8% a mais do que o registrado em 2015.

Trata-se de um recorde histórico: é o maior valor para o acumulado do ano desde 2006, após a entrada em vigor da Nova Lei de Falências.

Os motivos são óbvios: a brutal queda nas vendas deteriorou a saúde financeira e prejudicou a geração de caixa das empresas, que se depararam ainda com o crédito caro e escasso.

Outro dado que também dá a medida do desastre: em 2016 foram ajuizados 1.852 pedidos de falência, uma elevação de 3,9% em relação a 2015, alcançando o maior patamar dos últimos quatro anos.

Some-se a esses números as centenas de milhares de empresas que reduziram drasticamente suas atividades e as outras tantas que fecharam as portas definitivamente e temos o resultado mais dramático da recessão: quase 13 milhões de desempregados.

É agora que vamos saber se, de fato, Deus é brasileiro.

Precisaremos de muitos milagres pra sair desse buraco.

 

 

Deixe um comentário